Nutrição

Nutrição Clínica e Funcional

A NUTRIÇÃO FUNCIONAL é uma maneira dinâmica de abordar, prevenir e tratar desordens crônicas através da identificação e correção dos desequilíbrios nutricionais que geram doenças. Estes desequilíbrios acontecem devido à inadequação da qualidade da nossa alimentação, do ar que respiramos, da água que bebemos, dos exercícios (a mais ou a menos) e alterações emocionais que passamos.
 
A Nutrição Funcional tem como base a individualidade bioquímica, pois cada indivíduo é único, e possui necessidades e metabolismos diferentes. Por isso o trabalho se baseia no que o organismo realmente necessita.
 
Trabalhamos com um planejamento alimentar individualizado, levando em consideração as características específicas de cada paciente, como história clínica, composição corporal, gasto calórico diário, preferencias e aversões alimentares, exames bioquímicos, testes alérgicos, exames genéticos, diagnósticos pré-existentes e medicamentos utilizados.
 
Os desequilíbrios nutricionais podem causar danos no sistema imunológico, desencadear processos alérgicos tardios, doenças autoimunes e inflamatórias. A Nutrição Funcional trabalha com a prevenção ou diretamente na causa desses problemas.
 
Nesta intervenção, o plano alimentar, que pode ou não ser associado a suplementação de nutrientes e/ ou fitoterápicos, tem como finalidade tratar e/ou prevenir doenças como obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, dislipidemias, síndrome metabólica, doenças autoimunes, disbiose intestinal, doenças inflamatórias intestinais, osteoporose, dentre outras.
 
O planejamento alimentar é totalmente voltado para a individualidade fisiológica e bioquímica do paciente, aonde o uso de alimentos funcionais sempre entra como coadjuvante no tratamento.

Nós somos o que comemos?

Não! Somos o que comemos, digerimos, absorvemos e utilizamos a nível celular.
 
Não adianta apenas escolher os alimentos certos, é preciso garantir que esses nutrientes sejam absorvidos e utilizados corretamente.
 
“Alimentos que para alguns são remédio e para outros, amargo veneno” (Lucrécius)
 
Um alimento, mesmo aparentemente saudável, pode não ser bem tolerado, assim ele não será fonte de nutrição e sim de inflamação, má digestão, formação de toxinas, retenção de líquidos e ganho de peso. Isso significa tratar cada organismo e metabolismo individualmente, uma vez que o que é saudável para uma pessoa pode ser um veneno para outra.
 
A nutrição verdadeira é aquela que promove saúde, energia e saciedade. E ela só acontece quando o nutriente entra na célula, e não apenas na boca. Por isso a importância de uma avaliação completa, que busque equilibrar e corrigir os distúrbios que impossibilitam a verdadeira nutrição.
 
Através de mudanças de hábitos, de uma correta organização alimentar e de uma suplementação individualizada é possível reestabelecer o equilíbrio nutricional do organismo. Assim ele receberá o combustível correto para funcionar em sua melhor forma.
 
Nosso objetivo é auxiliar cada paciente, de forma única e personalizada, a ter uma vida mais saudável e equilibrada.